Polícia Militar-SP lança novo concurso para 2.700 vagas de Soldado PM

A remuneração básica inicial é de R$ 3.875,27

A Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) está recebendo inscrições para o concurso público 2022, destinado a selecionar candidatos para provimento de 2.700 cargos de Soldado PM de 2ª Classe do Quadro de Praças de Polícia Militar (QPPM), com oportunidades para o sexo masculino e feminino. O concurso está sob a responsabilidade da Fundação Getulio Vargas – FGV.

As inscrições deverão ser realizadas somente pela internet, no site da FGV (https://conhecimento.fgv.br/concursos), no período das 10h00 de 24 de junho às 23h59 de 20 de julho de 2022. O valor da inscrição será de R$ 57,00.


O concurso constará de Exames de Conhecimentos, que serão divididos em Prova Objetiva (Parte I), de caráter eliminatório e classificatório, visando avaliar o conhecimento do candidato; e Prova Dissertativa (Parte II), de caráter eliminatório e classificatório, visando avaliar a capacidade do candidato de produzir uma redação que atenda ao tema e ao gênero/tipo de texto propostos, além de seu domínio da norma culta da língua portuguesa e dos mecanismos de coesão e coerência textual.

Também haverá Exames de Aptidão Física, de caráter eliminatório; Exames de Saúde, de caráter eliminatório; Exames Psicológicos, de caráter eliminatório; Avaliação da Conduta Social, da Reputação e da Idoneidade, de caráter eliminatório; e Análise de Documentos, de caráter eliminatório.

Os Exames de Conhecimentos possuem data prevista para realização em 04 de setembro de 2022, no período da tarde. A confirmação da data, do horário e das informações sobre local para a realização das provas será divulgada oportunamente por meio de convocação a ser publicada no Diário Oficial do Estado – Poder Executivo – Seção I – Concursos e no Portal de Concursos Públicos do Estado (www.concursopublico.sp.gov.br).

As atribuições do cargo de Soldado PM de 2ª Classe são: o policiamento ostensivo e
a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e
administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento, sempre
primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em
conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e
de gestão pela qualidade, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Curso
Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, destinado a
formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do cargo inicial do Quadro de Praças da Polícia Militar.

Carregando...