Polícia Judiciária Civil (MT) abre concurso para Delegado

A remuneração inicial será de R$ 19.316,49.

A Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso lançou nesta sexta-feira (17) o edital de concurso público Nº 01/2017, para formação de cadastro de reserva no cargo de Delegado de Polícia Substituto. A organização está sob responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).


Será admitida a inscrição somente via internet, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos, solicitada no período entre 10 horas do dia 27 de março e 18 horas do dia 2 de maio de 2017 (horário oficial de Brasília/DF).

As provas escritas objetivas terão a duração de 4 horas e serão aplicadas na data provável de 9 de julho de 2017, no turno da manhã. Já a prova escrita dissertativa terá a duração de 3 horas e 30 minutos e será aplicada no turno da tarde, no mesmo dia da objetiva.

Edital Concurso Polícia Judiciária Civil-MT 2017

DAS ATRIBUIÇÕES: dirigir, coordenar, supervisionar, fiscalizar e controlar as atividades administrativas, logísticas e operacionais da unidade de sua direção; cumprir e fazer cumprir, no âmbito de sua competência, as funções institucionais de Polícia Judiciária Civil; instaurar e presidir inquéritos policiais, termos circunstanciados e outros procedimentos policiais, administrativos e disciplinares, no âmbito de sua competência; planejar, dirigir e coordenar, com base na estatística policial, as operações no combate efetivo à criminalidade, na área de sua competência; exercer os poderes discricionários, afetos à Polícia Judiciária Civil, que tenham como objetivo proteger os direitos inerentes à pessoa humana e resguardar a segurança pública; praticar todos os atos de Polícia Judiciária Civil, na esfera de sua competência, visando à diminuição da criminalidade e da violência; promover diligências, requisitar informações e documentos às entidades públicas e privadas, necessários à instrução do inquérito policial ou a outros procedimentos decorrentes das funções institucionais da Polícia Judiciária Civil; requisitar a realização de exames periciais e complementares, destinados a colher e resguardar indícios ou provas da ocorrência de infrações penais; requisitar serviços e técnicos especializados de órgãos públicos, de concessionárias e permissionárias de serviço público; representar à autoridade judiciária competente pela decretação de prisão e medidas cautelares e pela concessão de mandados de busca e apreensão; exercer outras funções definidas em lei ou regulamento.

Informe Erro Carregando...