Novo concurso em Carapicuíba-SP oferece 23 vagas

No Estado do São Paulo, a Prefeitura Municipal de Carapicuíba lançou o edital de abertura do processo seletivo 01/2021, visando o preenchimento de 23 vagas, distribuídas entre cargos de nível superior, sob organização da empresa RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais Ltda.

São ofertadas 18 oportunidades para a função de Assistente Social e 5 para Psicólogo. O vencimento mensal será de R$ 2.218,01 + benefícios.


As inscrições serão realizadas via Internet, no endereço eletrônico www.concursosrbo.com.br, iniciando-se no dia 22 de março e encerrando-se no dia 8 de abril de 2021, observado o horário oficial de Brasília/DF. A taxa de participação será de R$ 25,44.

Na avaliação, serão pontuadas as experiências profissionais comprovadas no emprego a que concorre e cursos de capacitação na área de atuação, capazes de revelar maior e melhor preparação dos candidatos.

O resultado provisório do processo seletivo será publicado no Diário Oficial do Município de Carapicuíba e divulgado na Internet, no endereço eletrônico www.concursosrbo.com.br. O resultado geral final do Processo Seletivo poderá ser consultado pelo prazo de 3 meses, a contar da data de sua publicação.

Edital de Abertura

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

ASSISTENTE SOCIAL – Efetuar levantamento de dados para identificar problemas sociais de grupos específicos de pessoas, como menores, migrantes, estudantes da rede escolar municipal e servidores municipais; elaborar e executar programas de capacitação de mão-de-obra e sua integração no mercado de trabalho; elaborar ou participar da elaboração e execução de campanhas educativas no campo de saúde pública, higiene e saneamento; organizar atividades ocupacionais para menores, idosos e desamparados; orientar comportamento de grupos específicos de pessoas, em face de problemas de habitação, saúde, higiene, educação, planejamento familiar e outros; promover, por meio de técnicas próprias e através de entrevistas, palestras, visita a domicílios, e outros meios, a prevenção ou solução de problemas sociais identificados entre grupos específicos de pessoas; organizar e manter atualizadas referências sobre as características socioeconômicas dos servidores municipais, bem como dos pacientes assistidos nas unidades de assistência social; participar da elaboração, execução e avaliação dos programas de orientação educacional e pedagógicos na rede escolar municipal; aconselhar e orientar a população nos postos de saúde, escolas e creches municipais; executar outras atribuições afins.

PSICÓLOGO a) Quando na área da psicologia clínica: Estudar e avaliar indivíduos em seus aspectos intelectual, psicomotor e emocional (abrangendo a psicodinâmica individual, familiar e sociocultural), empregando métodos e técnicas psicológicas com o objetivo de formular diagnóstico ou parecer psicológico para: 1 – orientar o profissional no processo psicoterápico; 2 – indicar outras avaliações e/ou terapêuticas necessárias; 3 – fornecer dados pertinentes a outras instituições ou profissionais visando favorecê-lo na contribuição que prestam ao referido indivíduo; Desenvolver aconselhamento e/ou orientação individual ou em grupo, com pacientes e/ou familiares, visando auxiliar na resolução de dificuldades e situações conflitantes; desenvolver trabalhos psicoterápicos individuais e em grupo, a fim de favorecer a saúde mental do indivíduo; articular-se com profissionais de Serviço Social, para elaboração e execução de programas de assistência e apoio a grupos específicos de pessoas; atender aos pacientes da rede municipal de saúde avaliando-os e empregando técnicas psicológicas adequadas, para contribuir no processo de tratamento médico; reunir informações a respeito de pacientes, levantando dados psicopatológicos, para fornecer aos médicos subsídios para diagnóstico e tratamento de enfermidade; b) Quando na área da psicologia educacional: Atuar no campo educacional, estudando sistemas de motivação da aprendizagem e novos métodos de ensino, a fim de contribuir para o estabelecimento de currículo escolar e técnicas de ensino adequado; promover a reeducação de crianças nos casos de desajustamento escolar ou familiar; c) quando na área da psicologia do trabalho: Exercer atividades relacionadas com treinamento de pessoal da Prefeitura, participando da elaboração, do acompanhamento e da avaliação de programa; participar do processo de seleção de pessoal, empregando métodos e técnicas da psicologia aplicada ao trabalho; executar outras atividades afins.

Informe Erro Carregando...