SES-PE seleciona 24 enfermeiros para combate ao Coronavírus

A Secretária de Saúde do Estado de Pernambuco (SES-PE) publicou o edital de Seleção Pública Simplificada visando à contratação temporária de 24 Apoiadores Institucionais / Enfermeiros Sanitaristas para Vigilância Epidemiológica Hospitalar (VEH), a fim de atender a necessidade de interesse público da Secretaria.

A inscrição será realizada pelo endereço eletrônico da Secretaria Estadual de Saúde (http://ead.saude.pe.gov.br), até o dia 22 de maio de 2020.


O(a) candidato(a) deverá preencher o FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO, indicar a função e GERES e anexar os documentos solicitados, EM UM ÚNICO ARQUIVO, exclusivamente no formato “PDF”, com o tamanho máximo de 5MB (megabytes), conforme descritos no edital de abertura.

Em razão da pandemia pelo COVID-19 não será permitida a participação de candidatos com mais de 60 (sessenta) anos de idade, ou que se enquadrem em outro grupo de risco de mortalidade da COVID-19.

A seleção será composta por etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá em Avaliação Curricular

O resultado final da seleção será divulgado na Internet através dos endereços eletrônicos http://ead.saude.pe.gov.br e www.saude.pe.gov.br, sendo de exclusiva responsabilidade do candidato acompanhar comunicados, convocações e o resultado final da seleção.

ATRIBUIÇÕES: Contribuir para o fortalecimento da Vigilância em Saúde, realizando ações de promoção da saúde, prevenção e controle de doenças e agravos; garantir a investigação dos eventos vitais, doenças e agravos à saúde de notificação compulsória atendidos/ocorridos no âmbito hospitalar; articular com o corpo clínico e demais setores da unidade hospitalar visando garantir a agilidade e oportunidade nas investigações epidemiológicas; acompanhar e analisar dados do Sistema de Agravos de Notificação (Sinan), Sistema de Informação de Nascidos Vivos (Sinasc), Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) e/ou outros sistemas de informação de interesse da Vigilância em Saúde; propor ações de intervenção/controle, quando for o caso; divulgar informações em saúde pública geradas na vigilância epidemiológica hospitalar; realizar ações de investigação e resposta aos casos/óbitos infantis, fetais, mulher em idade fértil, causa mal definida, causas pouco úteis (garbages) e de doenças e agravos de notificação compulsória, bem como de surtos e emergências de saúde pública de interesse nacional e estadual decorrentes de doenças transmissíveis e não transmissíveis; guardar sigilo e confidencialidade de dados e informações conhecidas em decorrência do trabalho; participar das atividades de capacitações/treinamento/atualização na sua área de atuação; supervisionar estagiários de enfermagem nas atividades de estágio curricular e extracurricular no âmbito da vigilância epidemiológica hospitalar.

Informe Erro