Início»Norte»Pará»Fundação PROPAZ abre vagas de Técnico em Gestão Social

Fundação PROPAZ abre vagas de Técnico em Gestão Social

A Fundação PROPAZ, no Estado do Pará, torna pública a realização de processo seletivo simplificado – PSS, regido pelo edital Nº 002/2017, para provimento de cinco vagas em funções temporárias de nível superior. A organização está por conta da SIPROS – Sistema Integrado de Processo Seletivo Simplificado.

As oportunidades são para o cargo de Técnico em Gestão Social/ Psicologia, que exige Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação; e registro profissional no Conselho Regional de Psicologia. A remuneração será de R$ 3.319,68.

O processo seletivo será da seguinte forma:

  • Primeira Fase: Inscrição, de caráter habilitatório;
  • Segunda Fase: Análise Curricular, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Terceira Fase: Entrevista, de caráter eliminatório e classificatório.

A inscrição será realizada exclusivamente por meio eletrônico, no seguinte endereço www.sipros.pa.gov.br, no horário de 00h01min do dia 11 de dezembro de 2017 às 23h59min do dia 12 de dezembro de 2017.

No dia 13 de dezembro, acontecera a realização da segunda fase – Análise Curricular. Já Terceira Etapa – Entrevista ocorrerá nos dias 21 e 22 de dezembro de 2017.

Edital de Abertura

DAS ATRIBUIÇÕES – Acolhimento psicoemocional, entrevista psicológica com os usuários, uso de testes psicológicos, sessão psicoterapêutica com usuários, orientação quanto dinâmica familiar saudável, trabalho de elaboração /superação quanto história de violência, uso de técnicas da arte-terapia, ludoterapia, suporte psicológico durante o exame (médico/perito), realização de palestras educativas, realização de grupos de apoio, realização de dinâmicas grupais, emissão de parecer/laudo psicológico, preenchimento do mapa de produção, evolução no livro de ocorrências da Psicologia, evolução nos prontuários, discussão de casos, participação nas reuniões de equipe do Pró-paz, participação em audiências judiciais quando convocado; Anaminese: refere-se à entrevista psicológica inicial, realizada preferencialmente com os responsáveis de crianças e adolescentes inscritos no projeto, com o objetivo especifico de conhecer sobre o desenvolvimento biopsicossocial do sujeito investigado. Este instrumento deve conter perguntas que contemplem desde a fase gestacional ate a fase atual; Orientação Psicológica: refere-se à orientação realizada com as crianças, adolescentes e responsáveis, vinculados ao projeto. Esta atividade deve ser pontual e pautado em comportamentos observáveis e queixas relacionadas às demandas, Parecer Psicológico: documento psicológico elaborado , quando solicitado ou detectado , pelo profissional para embasar possíveis encaminhamentos que o caso requeira, visitas domiciliares.

Confira apostilas para esse concurso.

Informe Erro