Concurso Administrativo Educacional 2020/2021

Administrativo Educacional - Concursos públicos com inscrições abertas, em andamento ou realizados com oportunidades para o cargo.

FMDE de Pirenópolis-GO realiza processo seletivo 01/2021

A Prefeitura do Município de Pirenópolis, Estado de Goiás, por intermédio do Fundo Municipal de Desenvolvimento da Educação de Pirenópolis - FMDE, torna pública a abertura de Processo Seletivo Simplificado Nº 001/2021, para fins de seleção de pessoal, destinado à contratação de servidores para compor o déficit de pessoal do Fundo.

O pedido de inscrição deverá ser Protocolado no Departamento de Protocolo do Município, entre os dias 17, 18, 19 e 22 de março de 2021, observado o horário oficial de Brasília/DF, na sede da Prefeitura Municipal de Pirenópolis-GO, endereço: Avenida Comendador Joaquim Alves, S/N, Centro Histórico.

Os cargos ofertados são os seguintes: Nutricionista, Professor P-III e Administrativo Educacional III. O vencimento mensal varia de R$ 1.306,80 a R$ 3.000,00.

O processo de seleção será realizado mediante Análise Curricular (Avaliação de Títulos); e Análise de Experiência Profissional (Avaliação de Experiência), de caráter classificatório e eliminatório.

DAS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES

NUTRICIONISTA - Descrição das funções: Responsável por realizar o diagnóstico e acompanhamento do estado nutricional, calculando os parâmetros nutricionais para atendimento da clientela (educação básica: Educação Infantil, Creche e PréEscola, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos – EJA) com base no resultado da avaliação nutricional, e em consonância com os parâmetros definidos em normativas do FNDE; Estimular a identificação de indivíduos com necessidades nutricionais específicas, para que recebam o atendimento adequado no Programa de Alimentação Escolar (PAE); Planejar, elaborar, acompanhar e avaliar o cardápio da alimentação escolar, com base no diagnóstico nutricional e nas referências nutricionais, observando: adequação às faixas etárias e aos perfis epidemiológicos das populações atendidas, para definir a quantidade e a qualidade dos alimentos, respeito aos hábitos alimentares e à cultura alimentar de cada localidade, à sua vocação agrícola e à alimentação saudável e adequada; utilização dos produtos da Agricultura Familiar e dos Empreendedores Familiares Rurais, priorizando, sempre que possível, os alimentos orgânicos ou agroecológicos, local, regional, territorial, estadual, ou nacional, nesta ordem de prioridade, propor e realizar ações de educação alimentar e nutricional para a comunidade escolar, inclusive promovendo a consciência ecológica e ambiental, articulando-se com a direção e com a coordenação pedagógica da escola para o planejamento de atividades com o conteúdo de alimentação e ...[Continue lendo]