Prefeitura de Angelândia-MG promove processo seletivo 01/2021

A remuneração será de RS 1.400,00

A Prefeitura Municipal de Angelândia, em Minas Gerais, divulgou o edital de processo seletivo N° 001/2021, visando o provimento de 08 vagas, em cargos de nível médio. O certame será realizado sob a responsabilidade do Instituto IMESO – Instituto Mineiro Educar & Sorrir.

São ofertados os cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate a Endemias. O vencimento mensal será de RS 1.400,00.


As inscrições poderão ser realizadas através do endereço eletrônico https://portal.imeso.com.br, no período de 24 de maio às 9 h até dia 28 de maio de 2021 às 17h. Será cobrada uma taxa de R$ 100,00.

O processo seletivo consistirá na aplicação de Provas Objetivas de Múltipla Escolha, de caráter classificatório e eliminatório. A realização das Provas Objetivas está marcada para o dia 06 de junho de 2021, em locais e horários que serão divulgados oportunamente.

Edital de Abertura

ATRIBUIÇÃO DOS CARGOS

Agente Comunitário de Saúde: Trabalhar com adscrição de famílias em base geográfica definida, a micro área; Cadastrar todas as pessoas de sua micro área e manter os cadastros atualizados; Orientar as famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis; Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea; Acompanhar, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade. As visitas deverão ser programadas em conjunto com a equipe, considerando os critérios de risco e vulnerabilidade de modo que famílias com maior necessidade sejam visitadas mais vezes, mantendo como referência a média de uma visita/família/mês; Desenvolver ações que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população adscrita à UBS, considerando as características e as finalidades do trabalho de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais ou coletividade; Desenvolver atividades de promoção da saúde, de prevenção das doenças e agravos e de vigilância à saúde, por meio de visitas domiciliares e de ações educativas individuais e coletivas nos domicílios e na comunidade, por exemplo, combate à dengue, malária, leishmaniose, entre outras, mantendo a equipe informa- da, principalmente a respeito das situações de risco; entre outros.

Agente de Combate a Endemias: De acordo com o art. 3º da Lei Federal nº 13.595, de 5 de janeiro de 2018 (BRASIL, 2018a), as atribuições dos ACE consistem em: Desenvolver ações educativas e de mobilização da comunidade relativas à prevenção e ao controle de doenças e agravos à saúde; Realizar ações de prevenção e controle de doenças e agravos à saúde, em interação com os ACS e as equipes de Atenção Básica; Identificar casos suspeitos de doenças e agravos à saúde e encaminhá-los, quando indicado, à unidade de saúde de referência, assim como comunicar o fato à autoridade sanitária responsável; Divulgar, entre a comunidade, informações sobre sinais, sintomas, riscos e agentes transmissores de doenças e sobre medidas de prevenção coletivas e individuais; Realizar ações de campo para pesquisa entomológica e malacológica e coleta de reser- vatórios de doenças; Cadastrar e atualizar a base de imóveis para planejamento e definição de estratégias de prevenção e controle de doenças; Executar ações de prevenção e controle de doenças, com a utilização de medidas de con- trole químico e biológico, manejo ambiental e outras ações de controle integrado de vetores; entre outros.

Carregando...