Prefeitura de Parnamirim-RN lança concurso para Guarda

A Prefeitura de Parnamirim, Estado do Rio Grande do Norte, está promovendo o concurso público nº 002/2019, destinado ao preenchimento de 50 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para 150 futuras oportunidades. A organização está por conta da FUNCERN – Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte.

Está sendo ofertado o cargo de Guarda Municipal, que exige Ensino Médio Completo e proporciona remuneração base de R$ 998,00, para uma carga horária semanal de 44 horas semanais, em regime de trabalho especial, composto preferencialmente com escala de trabalho de 12 horas trabalhadas por 36 horas de descanso.


As inscrições serão efetuadas exclusivamente no sítio eletrônico da FUNCERN (www.funcern.br), no período de 27 de junho e 21 de julho de 2019. A taxa de participação custa R$ 120,00.

A aplicação das provas está marcada para o dia 04 de agosto de 2019, em locais e horários que serão divulgados oportunamente.

Atribuições: I – zelar pelos bens, equipamentos e prédios públicos do Município; II – exercer a vigilância diuturna e noturna interna e externa do patrimônio público municipal de toda e qualquer natureza, em especial, as repartições públicas, escolas, centros municipais de educação infantil, unidades de saúde, parques, praças, centros esportivos e culturais demais prédios públicos, com a finalidade de prevenir sinistros, atos de vandalismo e protegelos de crimes contra o patrimônio, bem como exercer o patrulhamento preventivo e comunitário, promovendo a mediação de conflitos e o respeito aos direitos fundamentais; III – prevenir e inibir, pela presença e vigilância constante, bem como coibir infrações penais ou administrativas e os atos infracionais que atentem contra os bens, serviços e instalações municipais; IV – atuar, preventiva e permanentemente, no território do Município, para a proteção sistêmica da população que utiliza os bens, serviços e instalações municipais; V – interagir com a sociedade civil, para discussão de soluções de problemas e implementação de projetos locais voltados à melhoria das condições de segurança das comunidades; VI – atuar, de forma articulada com os órgãos municipais de políticas sociais, visando ações interdisciplinares de segurança, em conformidade com as diretrizes e políticas estabelecidas pelo Poder Executivo; entre outras.

Informe Erro Carregando...