Início»Centro-Oeste»Mato Grosso»Saúde de Nova Nazaré (MT) abre 17 vagas para agentes

Saúde de Nova Nazaré (MT) abre 17 vagas para agentes

A Prefeitura Municipal de Nova Nazaré, Mato Grosso, publicou o Edital n.º 001/2017 de Processo Seletivo Público, que tem como objetivo preencher 17 vagas nos cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate a Endemias, para atuação nas zonas rurais e urbanas. O salário pode chegar a R$ 1.040,00 em regime de trabalho de 40 horas por semana.

As inscrições terão início no dia 31 de janeiro e vão até o dia 13 de fevereiro de 2017 (dias uteis), sendo realizadas na sede da Prefeitura Municipal, das 07h00min. até as 12h30min. A taxa de inscrição é de R$ R$ 20,00 (ensino médio).

O processo de seleção constará de provas escritas objetivas e avaliação de títulos. A prova escrita objetiva será aplicada na data de 19 de fevereiro de 2017, das 08h00min às 11h00min (horário local), na Escola Municipal de Nova Nazaré.

Edital de Abertura

As atribuições do Agente Comunitário de Saúde englobam:

Trabalhar com adscrição de famílias em base geográfica definida, a microárea;

Cadastrar todas as pessoas de sua microárea e manter os cadastros atualizados no sistema de informação indicado pelo gestor municipal.

Orientar as famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis;

Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea;

Participação na realização do diagnóstico demográfico e na definição do perfil socioeconômico da comunidade, na descrição do perfil do meio ambiente da área de abrangência, na realização do levantamento das condições de saneamento básico e realização do mapeamento da sua área de abrangência;

A promoção de ações de educação para a saúde individual e coletiva na comunidade;

– O registro em ficha própria, para fins exclusivos de controle e planejamento das ações de saúde, de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde;

– O estímulo à participação da comunidade nas políticas públicas voltadas para a área da saúde;

– A realização de visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco;

– Executar a vigilância de crianças consideradas em situações de risco;

– Monitorar as famílias com crianças menores de 02 (dois) anos, que estejam em situação de risco;

– Acompanhar, por intermédio da carteirinha de vacina o crescimento e desenvolvimento das crianças de 0 (zero) a 05 (cinco) anos, orientando à procura pela Unidade de Saúde, se necessário;

– Controle (ficha própria) da imunização de rotina das crianças e gestantes na comunidade, orientando à procura pela Unidade de Saúde, se necessário; entre outros.

As atribuições do Agente de Combate a Endemias englobam:

QUANDO ATUANDO NA ÁREA URBANA:

– Realizar ações de educação em saúde e na mobilização social;

– Orientar o uso e de medidas de proteção individual e coletiva;

– Mobilizar a comunidade para desenvolver medidas simples de manejo ambiental para controle de vetores;

– Identificar sintomas e encaminhar o paciente à unidade de saúde para diagnóstico e tratamento;

– Promover o acompanhamento dos pacientes em tratamento, ressaltando a importância de sua conclusão;

– Investigar a existência de casos na comunidade a partir do Sintomático;

– Preencher a ficha de notificação dos casos ocorridos e encaminhar à Secretaria de Saúde;

– Exercer atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção a saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde SUS;

– Exercer outras responsabilidades/atribuição correlatas, como: alimentar os sistemas, análises e pesquisa;

– Possuir curso básico de informática, mediante apresentação de Certificado ou cursando (apresentar atestado que está cursando), e para alimentar sistema de informação, específica do ACE;

QUANDO ATUANDO NA AREA RURAL:

– Realizar ações de educação em saúde e de mobilização social;

– Orientar o uso de medidas de proteção individual e coletiva;

– Mobilizar a comunidade para desenvolver medidas simples de manejo ambiental para controle de vetores;

– Identificar sintomas e encaminhar o paciente à unidade de saúde para diagnóstico e tratamento;

– Promover o acompanhamento dos pacientes em tratamento, ressaltando a importância de sua conclusão;

– Investigar a existência de casos na comunidade, a partir de sintomático;

– Preencher a ficha de notificação dos casos ocorridos e encaminhar à Secretaria de Saúde;

– Coletar Laminas de sintomáticos, e enviá-las para leitura ao profissional responsável e, quando não for possível esta coleta de lamina, encaminhar as pessoas para a unidade de referência;

– Receber o resultado dos exames e providenciar o acesso ao tratamento imediato e adequado, de acordo com as orientações da Secretaria de Saúde e da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA);

– Coletar lâmina para verificação de cura LVC, após conclusão do tratamento, e encaminhá-lo para leitura, de acordo com a estratégia local;

– Exercer atividades de vigilância, prevenção, e controle de doenças e promoção à Saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde SUS;

– Exercer outras responsabilidades/atribuições correlatas.

Confira apostilas para esse concurso.

Informe Erro